Notícias

data da postagem Aug 6, 2014

Daniel Dias brilha e quebra recorde mundial no Parapan-Pacific, nos EUA

Bicampeão paralímpico, o brasileiro Daniel Dias mostrou nesta quarta-feira que sua sede por medalhas não tem fim. Na estreia do Parapan-Pacific de natação, em Pasadena, nos Estados Unidos, Daniel quebrou o recorde mundial dos 50m nado borboleta S5, com o tempo de 33s98. A marca anterior era do próprio brasileiro, com 34s15, tempo que lhe rendeu o ouro nas Paralímpiadas de Londres 2012.

Daniel caiu na piscina do Rose Bowl Aquatic Center e não tomou conhecimento do americano Roy Perkins, que nadava com a torcida ao seu lado. Sem Mundiais ou Jogos Paralímpicos em 2014, o Parapan-Pacific é o torneio mais importante da temporada para a natação paralímpica.

Dias tem 11 medalhas paralímpicas, conquistadas em dois Jogos. São seis ouros, quatro pratas e um bronze, entre nado livre, nado medley, peito, costas e borboleta. Ele cairá na água em outras três provas pela classe S5: 200m livre, 50m livre e 100m livre. Daniel ainda deixa aberta a possibilidade de nadar os 100m peito, nos quais está inscrito.

Mais sete ouros

Além do ouro e do recorde mundial de Daniel Dias, o Brasil conquistou outras cinco medalhas no primeiro dia do Parapan-Pacific, que ainda não terminou e pode render mais medalhas para o país. Joana Silva venceu os 200m livre (S5) com o tempo de 3m11s65. Já Talisson Glock foi o primeiro nos 400m livre (S6), com 5m14s72. Ítalo Pereira foi ouro nos 400m livre (s7), com 5m21s51. Outro ouro veio com Caio Oliveira, nos 400m livre (S8), com a marca de 4m39s37.

Talisson também foi ouro nos 50m borboleta (S6), com 33s17. Matheus souza foi prata nos 400m livre (S11), com o tempo de 4m49s07. Edênia Garcia, nos 50m livre (S4), conquistou a medalha de prata com o tempo de 57s02. O Brasil ainda trouxe outros dois ouros com Joana Silva, nos 50m livre (S5), com a marca de 39s69 e com Susana Schanrndorf nos 50m livre (S6) com o tempo de 37s52.

O Brasil compete nos Estados Unidos com 25 nadadores. Entre eles também está André Brasil, outro multimedalhista em Jogos Paralímpicos. A competição vai até o domingo.

 

Fonte: GloboEsporte.com